Nimbus

Nimbus-Probe-2010

Solitária e passageira,
Com aspecto suave de algodão
Num canto observa quem passa embaixo
Uma criança, ovelhas, caminhão

Infantil e desajeitada, a flutuar
Passeia longe de companheiras enegrecidas,
Ao som do trovão
Viaja pra distante dos encantos da terra
Que não pode tocar

Serena, sereníssima, nunca irá serenar,
Pois tão logo o Sol escaldante aparece
Evapora e leva embora
Seu corpinho branco e calmo
Que estava a se aventurar.

Valéria Noronha